FACHADAS DE CASAS TÉRREAS

Ao adquirir um terreno, o morador normalmente já tem pré-selecionadas em sua mente suas preferências em relação à forma com que gostaria que sua casa tivesse.

Sexta, 19 de julho de 2013
Embora um bom projeto arquitetônico comece pelas necessidades reais que os futuros proprietários demandam, passando por gostos pessoais e pelos recursos que estão dispostos a usar na construção, quase sempre quem constrói começa o projeto pelo lado emocional, ou seja, pelo estilo que a casa vai ter.
Ao adquirir um terreno, o morador normalmente já tem pré-selecionadas em sua mente suas preferências em relação à forma com que gostaria que sua casa tivesse. No entanto, como muitas pessoas não estão ligadas às novidades da arquitetura, este trabalho de reconhecer ou pensar nas características do futuro imóvel nem sempre é tão fácil. Como consequência dessa falta de conhecimento ou de ajuda técnica, vemos inúmeras fachadas residenciais copiadas, mal planejadas ou pouco harmônicas.
Pensando nisso, montamos um pequeno banco de imagens com algumas fachadas de casas térreas interessantes, com linhas arquitetônicas distintas, e que podem servir de inspiração para te ajudar a passar um briefing mais preciso ao profissional que você contratar. Sempre vale ressaltar a importância do trabalho de quem atua nessa área: além de dar dicas e conselhos, eles entendem os gostos, as necessidades e o acompanham até a entrega do projeto.


Casa do Pátio
Poucos planos definem a fachada, que, delicadamente, esconde o cotidiano dos moradores, através do uso de uma parede de cobogós em padronagem única. Os pequenos detalhes são acentuados com o paisagismo frontal do projeto que conferem às linhas retas e simples o volume exato. Do lado de dentro, a casa se revela sem mistérios, deixando clara a distribuição dos setores e de seus ambientes, de acordo com a qual tudo se volta para o pátio. 
Para saber mais sobre este projeto de Leo Romano, visite a sua página clicando aqui.


Residência Lago Norte
O proprietário desta residência convidou Thaciana Silveira para reformar a casa onde havia morado durante a sua infância. Através de uma reformulação, a profissional conseguiu atualizar a casa, até então com arquitetura colonial, utilizando materiais nobres e um estilo clássico.
A primeira intervenção aconteceu na fachada, que recebeu o mármore crema marfil nos muros e um portão em madeira ripada. O telhado antigo, em telha de barro, foi atualizado pela platibanda com telha termoacústica, e foi inserido um beiral ao longo da fachada, para amenizar a insolação poente.
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Casa Bertolini
O volume pronunciado da fachada remete aos clássicos projetos modernistas. Localizada na região de Bento Gonçalves e assinada pelo Studio Paralelo, possui gradação de aberturas que controlam o acesso e privacidade dos ambientes. A área social é mais aberta e transparente e a íntima mais preservada. Há uma quebra do hermetismo dos ambientes privativospor aberturas circulares, que se repetem em zenitais junto da entrada. Os arquitetos, Luciano Andrade e Rochelle Castro, organizaram o programa em dois pavimentos.  No térreo elevado, o acesso e a varanda formam um espaço aberto em “L”, que integra as porções frontal e posterior da residência. No interior, a circulação acompanha a fachada da frente, da entrada até a suíte, passando primeiro pelos ambientes de serviço, depois a área social, chegando até o setor íntimo. A garagem e a adega ficaram em um semi-subsolo. E em uma edícula separada do volume principal foi colocado um forno à lenha, sanitário e reservatório de água.
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Refúgio São Chico
A fachada está praticamente camuflada no meio da densa vegetação, com volumetria reta. Porém, o uso de materiais industriais fazem o contraponto com a própria natureza. O refúgio São Chico foi construído com estrutura em estrutura metálica e paredes trabalhadas com gesso e madeira. Apropriado para o clima frio da serra gaúcha, esse sistema oferece maior controle da temperatura e acústica confortável. Fundações com blocos de concreto seguraram a estrutura e compensaram o desnível do terreno. Luciano Andrade e Rochelle Castro idealizaram um projeto que fosse, além de um refúgio aos proprietários, um espaço com design industrializado, que se contrasta com o ambiente externo da mata gaúcha e mantém a originalidade ao fugir do padrão campestre da região. Estabelecida por duas caixas retangulares: uma metálica, localizada na área íntima com duas suítes em lados opostos e a outra em madeira e vidro, onde a área social e serviço estão localizados. O destaque está no deck de entrada, que feito em madeira se adapta perfeitamente ao ambiente, tornando-o, também hall e varanda.
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Casa Pa
A estrutura da residência é composta por dois volumes conectados. A implantação se deu em um eixo longitudinal e de forma a não interferir no perfil natural. A vegetação foi aproveitada como parte do projeto, estabelecendo uma área de vivência entre o solo e as árvores. Andrade Morettin Arquitetura idealizou um projeto que agregasse ao espaço já existente na área de criação: um lago e uma área arborizada quase que em sua plenitude. A casa é composta por dois blocos, um deles apresenta o volume principal com madeira Jatobá e fechamento de policarbonato alveolar. Em outro pavimento o vidro foi incorporado para permitir a vista para o lago e incorpora a paisagem natural do ambiente interno. O segundo bloco, composto pela área de serviço, cozinha, banheiro e reservatório de água e gás contrasta-se ao primeiro, pois tem um volume mais fechado. Um dos destaques do projeto está relacionado a gradação de transparências que respondem à luz natural do espaço. 
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Casa Bola
Nessa casa moderna, a arquiteta Ana Paula de Castro conseguiu um efeito utilizando o elemento circular vazado em uma de suas paredes. Este forte grafismo criado tira partido de uma simples parede com recorte e mostra como um bom projeto arquitetônico, sem maiores gastos adicionais, consegue através da criatividade inovar com soluções impensadas. A profissional compôs o ambiente integrando área verde, luzes naturais e modernidade com o uso de concreto circular e formas geométricas retas. O ambiente apresentava um problema de insolação que foi solucionado pela instalação de brises nas áreas mais afetadas. Os volumes da fachada são valorizados pela iluminação natural que é grande destaque do projeto esta na exploração da iluminação natural que propicia à fachada apresentar tonalidades diferentes ao longo do dia por meio do jogo de sombras e luz.
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Casa do Músico
A construção pesada, marcada por um grande pórtico com pergolado de metal e um volume lateral cilíndrico em tijolo, que remete à construções do famoso arquiteto suíço Mario Botta, ganha leveza e tropicalidade com um bom projeto paisagístico composto por palmeiras de grande porte e outras gramíneas menores. Beatriz del Giudice  fez a idealização de dois blocos que comportam residência e no outro escritório e estúdio de gravação. Destaque para a entrada que é composta por um jardim aberto que dá acesso à área social interna que de um lado tem a casa e do lado oposto ingresso ao escritório. Para diferenciar os ambientes, tanto parede quanto portas foram pintadas pela mesma cor, dando preferência por um mobiliário sóbrio que ganha notoriedade por causa do contraste de tonalidades. Para a fachada a profissional optou por destacar a natureza usando um tom pastel que ganha realçamento com o verde da arborização. 
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Casa Jardins Milão
Christiane Helou idealizou um projeto que permitisse a integração das áreas internas com as varandas ganhando um formato em "U" para otimização da ventilação. A fachada apresenta toda a modernidade do projeto com a sobriedade do branco, destaque para a entrada com área verde bem empregada e no detalhe do telhado disfarçado pelas platibandas. O ambiente interno foi composto com grandes vãos e vigas invertidas para que fossem integrados às áreas comuns. O mobiliário ajuda a equilibrar os espaços dando destaque para as peças clássicas.  
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Se quiser ver mais alguns projetos de fachadas de casas térreas, veja abaixo:


Residência Jardins Paris
A fachada é imponente e acolhedora e com o paisagismo Carlo Batistella agrega maior valor à concepção com destaque para os adornos e iluminação que dão a impressão de casa de praia, um dos desejos da cliente. O uso de tijolinhos ganha equilíbro com a tonalidade clara da fachada. O mobiliário confere aos espaços a harmonização ideal para cada área. A integração da área externa e interna foi privilegiada pelo formato da planta, em "L". O uso do vidro como revestimento para as paredes permite que a piscina, jardim e paisagem externa sejam admirados.
Para saber mais sobre este projeto de Kerley Melo, visite a sua página clicando aqui.


Casa Meia Lua
Teresa Cristina Del Papa idealizou um projeto que permitisse a convivência familiar e que além de prático trouxesse conforto aos proprietários. O telhado de duas águas e a garagem com pé-direito alto concede impacto à entrada, que tem na porta pivotante em formato esférico o elemento chave da fachada. Com cores em tonalidade clara, os ambientes da área social não se confundem com  o restante da casa, que permitem o a privacidade os moradores, sem que isto afete o bom funcionamento das áreas de lazer. 
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui
 


Casa 2
Giovanna Diniz e Michelle Rodrigues Mourão reformularam o projeto inicial mantendo o estilo clássico em linhas modernas. A tonalidade clara da fachada agrega ao azul do vidro de revestimento de entrada junto ao mármore da escada de acesso a porta principal. Os ambientes internos apresentam jogo de luzes que conservam a tradicionalidade dos moradores. 
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

 


Casa Fazenda Arruda 1
Georgia Silveira e Tayná Gonçalves idealizaram um projeto que remetessem ao estilo mais clássico de casas de fazenda com o uso de arcos e varandas ao redor de toda a concepção da casa e que permite a visão de toda a área da fazenda. A integração dos ambientes foi desenvolvida pela disposição das áreas internas, compostas de quatro suítes, do living ligado à sala de jantar, a sala de TV à varanda e cozinha a cozinha gourmet. Os materiais usados para revestimento da edificação foram alvenaria e concretos de mosaico de pedra, que conferem a casualidade e elegância junto à madeira usada no deck e na porta pivotante. 
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.
 

Casa Alta
Cynara Siqueira tinha um desafio a ser realizado, pois o projeto desta casa é de esquina, o que acarreta maior cuidado e habilidades para ser executado. A fachada apresenta um telhado ousado, com volumetria geometria que agregam ao volume do acesso que contrasta com a escadaria. Para manter a naturalidade o uso de vidro fosco proporciona a privacidade e não sobrecarrega a fachada. 
Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

 
 

Paisagismo em Residência
Nil de Sousa idealizou uma área verde que utiliza elementos clássicos inspirados em palácios e castelos europeus compostos na paginação nos pisos que permite a integração do jardim tradicional da fachada com a área de lazer. Destaque para as características tropicais com as palmeiras. Na fachada lateral o uso de vasos de tonalidade escura distribuídos simetricamente a uma área com estátuas agrega ao piso de entrada de carros. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Embaixada da Suécia
Contrariando as expectativas de projetos suntuosos para embaixadas, a embaixada da Suécia na capital federal foi desenvolvida pelo arquiteto e design de interiores Helge Zimdal, que apresentou um layout simples dos edifícios que são agrupados em forma de quadrado. A inovação está na inclusão do alojamento do pessoal no mesmo plano do projeto. Os prédios são baixos e revestidos por azulejos azuis e telhas vermelhas em espigão.  Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui

Embaixada da Colômbia
A fachada de acesso à Embaixada da Colômbia foi projetada pelo especialista em edificações Cesar Barney, que destacou o uso de linhas retas e concreto aparente que contrastam com o paisagismo presente no ambiente externo. O uso do vidro para fechamento do ambiente interno explicita o tratamento estético do projetista, que permitiu visão ampliada dos ambientes integrados. O espaço tem aproximadamente 2100 m². Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui

Casa Favilla
Há sensibilidade neste projeto da arquiteta e urbanista Alessandra Oliveira. O uso de formas geométricas retas para idealizar a edificação com tonalidade clara marca o movimento dos planos do ambiente. As áreas de convívio estão integradas. A edificação proporciona amplitude para a área dos fundos. O espaço tem 800 m². Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Casa Bossa Nova
O projeto idealizado por Andrea Zôrzeto foi composto para agregar ao paisagismo já presente no local, que tem vista para o lago Paranoá em Brasília. A profissional usou a madeira para destacar o estilo contemporâneo da casa térrea, que tem ainda garagem integrada. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Casa Bela Vista
O revestimento externo desta casa térrea foi desenvolvido pela designer Denise Zuba e trabalhado buscando incrementar o uso de tijolos envelhecidos e as tonalidades mais neutras para maior valorização da fachada e arquitetura da estrutura. O paisagismo é presença marcante e agrega à arquitetura do plano. O projeto tem aproximadamente 2100 m². Para saber mais sobre este projeto, visite sua página clicando aqui.

Casa no Lago Sul e Interiores
Casa térrea no Lago Sul em Brasília desenvolvida por Fátima Alvim. O uso do vidro pela profissional permite uma vista limpa para todo o ambiente externo. Ela manteve a base neutra tanto para as cortinas quanto para os toldos que compõem um ramo da área externa. O acabamento em madeira estrutura a contemporaneidade do projeto. Ocasionalmente, o efeito de luzes e sombras compõe ao projeto junto ao paisagismo presente. Para saber mais sobre o projeto visite a sua página clicando aqui.

Residência Águas Claras DF
A vista desta casa térrea em estilo contemporâneo foi assinada pelos profissionais Alessandra Cintra e Deijayme Aires. A madeira foi bem utilizada nos acabamentos e junto ao vidro deram o tom ideal para a integração com a área externa. A decoração apresenta mobiliário em tons suaves dando um estilo clássico para o design de interiores. O espaço tem uma área construída de 1.000 m². Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Casa dos Umbus
Projeto Casa dos Umbus das profissionais Arytana e Ticiana D'Avila Stefenon Tartuce compõe um estilo moderno e atual para a fachada. O branco, as linhas retas e volumes destacam-se na porta vertical com acabamento em madeira que contrasta com o chapiscado escuro lateral. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.


Casa Goiás
O arquiteto e designer Leo Romano elaborou este projeto de casa unindo a fachada com diversos elementos contrastates como o branco da entrada, o preto da lateral, o concreto cinzento e o verde do paisagismo, a madeira da porta com linhas retas e transparência do vidro. A escada de acesso acrescenta movimento ao projeto. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Casa Alphaville
Tratando-se de uma casa térrea, esta fachada apresenta formas retas que destacam-se pelo uso da madeira da passagem de entrada e que com o uso do branco compõem o projeto assinado por Ana Paula de Castro e Sanderson Porto. O painel de brises proporciona semitransparência da área interna. O projeto paisagístico que agregam ao projeto é de Fernanda Simão. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Casa de Tijolinhos
O arquiteto Marcos Queiroz tinha apenas uma exigência do proprietário, que o projeto tivesse tijolos em sua estrutura. Marcos idealizou um espaço de integração total com a natureza permitindo ventilação e sombra. A área da piscina compõe a área externa com o paisagismo presente ao redor de todo o projeto. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Projeto Residencial
A decisão em manter o desnível de terreno em um projeto é uma maneira ousada, pela carga de dificuldade que possivelmente o profissional possa encontrar. Nesta casa, desenvolvida por Cláudia Oliveira, a profissional optou por manter o desnível do terreno e conseguiu aplicar a escalona como meio de trabalho. Ela desenvolveu volumetria externa e o jogo de telhados equilibrados na edificação.  Área construída é de 340 m². Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.

Casa Guarujá
O projeto de Casa de Praia no litoral de São Paulo de Paulo Archias Mendes da Rocha teve como inspiração as construções populares. A cobertura de concreto, por exemplo, está repousada sobre pilares de concreto e não toca as paredes internas o que permite ventilação cruzada e que a luz natural transpasse ao interior da casa. A fachada com cores quentes (azul e vermelho) integra os ambientes internos ao jardim com piscina destacando o paisagismo natural. Para saber mais sobre este projeto, visite a sua página clicando aqui.
 

COMENTÁRIOS

Marizelna Neves 08/07/2014 14h06

Olá! Gostaria de uma idéia para frente da minha casa, era uma casa antiga que reformei por dentro; se possível mando as fotos como se encontra hoje. Obrigada!

Rosemary 23/05/2014 01h15

Ola,tenho uma casa antiga que ja reformei o interior.Meu problema e a frente o que fazer pra melhorar mas sem tirar de vez o estilo antigo.Tem dez metros de frente uma varanda pequena e fica num nivel mais alto que a rua .obg

Cacildo Afonso Nunes 18/05/2014 19h29

Gostaria de uma sugestão para parte externa da casa a ser construída em condominio fechado em Ribeirao Pret- S.P. Terreno plano, frente para o norte com 14x50 m..E para minha filha. Exigências dela: nao quer jardim, quer varanda em volta da casa toda, nao quer piscina e nem área gourmet, nenhuma janela para frente da casa. Se possivel com telhado aparente, e outra sugestao sem telhado aparente. Gostei de seus exemplares

Claudinei 06/04/2014 14h36

Adorei a seleção. Adorei o site ! parabéns

Dalva 24/02/2014 20h53

quero construir uma casa de no maximo 100m2, terreno de 13 de frente e quero uma fachada delicada e economica

Viviane Rogéria 23/01/2014 09h51

Estou querendo construir em cima da casa de minha mãe, pois ela mora só e eu tb,em baixo quero fazer o atelier dela, pois existe a casa onde mora é muito boa por sinal comprida e tem largura e dá par dividir e ficar ainda com um ponto comercial para alugar. Por favor, me dê uma luz como posso construir.

Weliton A F Barroso 02/01/2014 23h51

Estou com planos de construção e preciso de dicas

Jose De Arruda Filho 12/10/2013 21h02

muito importante a ideia

Fernanda 21/07/2013 09h19

Maravilhosas! Grandes inspirações e regalo para a vista! Parabens lindas

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.