Casa 53

A volumetria da Casa 53 foi definida a partir das determinações e proporções do terreno, seguindo as normas de ...

A volumetria da Casa 53 foi definida a partir das determinações e proporções do terreno, seguindo as normas de zoneamento da capital paulistana. O terreno tem aproximadamente 10 metros de frente por 30 de profundidade o que permitiu a construção de uma residência com dois pavimentos em forma de caixa.
 
A fachada da Casa 53 já uma surpresa. À primeira vista, vê-se apenas os painéis de madeira, dando a ilusão de se tratar de uma estrutura plana. A entrada da residência parece camuflada. Porém, os painéis são na verdade brises móveis que ao se fecharem oferecem total privacidade e ao serem abertos proporcionam conexão visual e integração com o exterior, dando movimento à fachada.
 
Os materiais escolhidos pelo arquiteto Marcio Kogan foram a madeira e o concreto armado. O programa da residência concentra os espaços sociais como a sala de estar, jantar e cozinha no primeiro pavimento. E no pavimento superior ficam os ambientes mais íntimos como os quartos. A piscina está implantada ao longo do muro de pedras e possui deck em madeira.
 
Ficha técnica:
Localização: São Paulo-SP
Área: 330 m² terreno - 350 m² construída
Ano: 2008-2009
Projeto de Arquitetura: Marcio Kogan com co-autoria de Suzana Glogowski
Design de Interior: Diana Radomysler e Mariana Simas
Paisagismo: Renata Tilli
Fotos: Rômulo Fialdini

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.