NORMAN FOSTER ASSINA NOVO CAMPUS DA APPLE

O incrível projeto, estimado em US$5 bilhões, tem previsão de entrega para 2016.

Terça, 20 de maio de 2014
Steve Jobs, ainda em 2009, fez uma ligação para Norman Foster, um dos maiores arquitetos mundiais em atividade, e disse: “Olá, Norman. Preciso de uma ajuda”. Assim começou a parceria multibilionária para a construção do Apple Campus 2, em Cupertino, Califórnia (EUA). O projeto, como já mostramos aqui, é extremamente ousado e pretende ser classificado como o melhor escritório do mundo.





Com custo de US$5 bi (US$1 bi a mais do que o novo complexo do World Trade Center), o novo campus da Apple foi inspirado no campus da Universidade de Stanford, um lugar bastante querido por Jobs e traz um edifício tão inovador quanto a tecnologia criada e produzida pela empresa. Com quase 6 km de vidro curvo importado da Alemanha fechando o prédio, o complexo vai trazer uma exclusiva malha de circulação para pedestres, ciclovias ligadas à rede pública da cidade e ainda deverá funcionar com 100% de energia renovável, incluindo na obra uma das maiores instalações de painéis fotovoltaicos do mundo. Ainda no quesito sustentabilidade, o estacionamento será incrementado com mais de 100 estações para recarregar baterias de veículos elétricos, a fim de incentivar o uso destes automóveis entre os funcionários.



Para Lisa Jackson, vice presidente de Iniciativas Ambientais da Apple, o Campus 2, quando concluído, apresentará 80% de sua área ocupada por espaços verdes, valorizando o ótimo clima local, que durante quase todo o ano não pede o uso nem de aquecimento nem de resfriamento do ar. O projeto, no entanto, tem recebido muitas críticas, entre elas o altíssimo valor da obra (que, no primeiro momento, foi divulgada com um total de US$3 bi, e agora já chega aos US$5bi), e também o fato de ser uma fortaleza solitária, afinal o belo espaço verde poderá ser desfrutado apenas por funcionários da empresa. Outro problema que preocupa a população da cidade é a futura piora no trânsito, uma vez que são esperado 13 mil empregados, entre engenheiros e criativos, trabalhando sob o mesmo teto.





De acordo com Dan Whisenhunt, Diretor Senior de Empreendimentos Imobiliários e Propriedades da Apple, e Stefan Behking, arquiteto do escritório Foster+Partners, o complexo, que traz uma nave-mãe de 260 mil m², vai inovar a forma como as pessoas trabalham. Assista abaixo o vídeo que a Anual Design separou para vocês trazendo uma entrevista com Norman Foster e saiba mais sobre o projeto:



NORMAN FOSTER

Ícone e um dos maiores nomes vivos da arquitetura mundial, Norman Foster assina projetos arquitetônicos revolucionários e contemporâneos, que renderam a ele o Prêmio Pritzker, considerada a mais importante premiação da área, em 1999. O arquiteto inglês projetou importantes edifícios na Europa e na Ásia, entre eles o estádio de Wembley, o Coomerzbank Tower, a Millennium Bridge e o Aeroporto de Pequim, e sempre mostra em seus trabalhos uma atenção cuidadosa com o meio ambiente. Hoje, o escritório Foster+Partners, liderado pelo próprio profissional, tem sede em Londres, mas conta ainda com escritórios no mundo todo. Desde sua criação, em 1967, já recebeu mais de 620 prêmios e ganhou mais de 100 competições nacionais e internacionais.

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.