Casa Corten

A Casa Corten, obra do arquiteto Marcio Kogan, está localizada em São Paulo capital, próxima ao maior parque da ...

A Casa Corten, obra do arquiteto Marcio Kogan, está localizada em São Paulo capital, próxima ao maior parque da cidade, o Parque do Ibirapuera. Com um design minimalista, a residência possui um teto altocom grandes aberturas para irradiação da luz natural, provomendo uma harmonização entre o interior e o exterior. Kogan trabalhou com a mistura de materiais, usando as diferentes texturas com um resultado surpreendente.
 
A fachada da casa é feita de aço Corten que lembra uma textura oxidada e cria uma interação e contrasta com os demais materiais como: pedra, madeira, cimento branco e vidro. A porta da frente da garagem é feita de tiras verticais de madeira e se abre totalmente para a rua. Também é feita desse material a porta de entrada principal.
 
Se na parte da frente, a caixa em aço é opaca, no verso é fechada por vidros. Outra singularidade do projeto de Kogan é que a casa tem um deck com uma lareira ao ar livre. E o teto-cobertura é utilizado pelos proprietários como área de lazer, desfrutando da providencial vista do parque. As paredes interiores, como a que abriga a lareira, são feitas de pedras.
 
A residência possui uma estrutura simples, mas bastante eficaz com uma espaçosa sala com um pé direito alto de 5,2 m e quatro portas dobráveis que se abrem totalmente para a lareira e o deck exterior. Essa integração acaba gerando uma dissolução das fronteiras entre o interior e o exterior da moradia.

Na sala, uma escada leva ao mezanino, onde se está localizado o home theater da casa. Para chegar ao terceiro andar, onde estão os três quartos utiliza-se outra escada. Na coberta há um deck de madeira protegido por guarda-corpo em vidro. Nesse espaço há uma piscina aquecida, além da vista privilegiada da cidade de São Paulo.
 
Ficha técnica:
Localização: São Paulo- SP
Área: 360 m² construída - 360 m² total
Número de pavimentos: 3
Ano: 2006/2008
Projeto de Arquitetura: Marcio Kogan
Fotos: Nelson Kon

COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a comentar!

* Campos obrigatórios. Seu email não será divulgado.